Buscar
  • Rosemary Corretori

Aprendendo a aprender...



É preciso reaprender a aprender, da forma mais simples e sobre tudo com o que acontece em nosso dia a dia. O aprender necessário de hoje é constante e deve ser exercitado desde o momento em que acordamos pela manhã até o momento da nossa última reflexão antes de dormir.


Primeiramente é preciso entender de que maneira formos educados. A criança tende a absorver as experiências sem questionar, ao presenciar uma cena não consegue julgar se a ação está certa ou errada, simplesmente passa a repetir o que aprendeu. É muito mais difícil desconstruir aprendizados em um adolescente ou adulto do que educar uma criança corretamente.


A forma como as pessoas reagem diante das situações mostram muitas vezes a maneira como foram educadas. Algumas pessoas aprendem só de observar a experiência do outro, principalmente porque praticam a empatia (se colocam no lugar do outro) e procuram ajudar. Outras pessoas só aprendem quando passam pela situação, ou as vezes nem assim aprendem porque não se propõem a analisar o porquê de cada situação.


Na verdade, em qualquer situação do nosso cotidiano pode existir o aprendizado, grande ou pequeno, seja para o dia ou para a vida...o que vale é refletir, compreender e aprender.


Assim vamos aumentando a nossa bagagem para a viagem da vida! Podemos aprender com as atitudes dos outros no trânsito por exemplo, ali as pessoas se veem o tempo todo julgando os erros dos outros...e não muito distante cometem os mesmos erros.


Observando o outro com atenção podemos compreender o que queremos ou não ser... o espelho do nosso semelhante deve nos servir para entendimento, não para julgamento. Até porque aquilo que nos desagrada no outro é o que temos e não aceitamos em nós mesmos, vale muito refletir e aprender com as pessoas que nos incomodam.


Na vida adulta, o aprender é um ato de humildade acima de tudo, porque nunca saberemos tudo. É preciso entender que vivemos em uma época em que as gerações são muito diferentes umas das outras em termos de conhecimento. Muito provavelmente uma criança de 7 anos sabe coisas que um adulto de hoje não sabia nesta fase da vida, e vou além...talvez elas já saibam coisas que irão ensinar a nós adultos...principalmente porque passamos boa parte da vida adulta pensando que já sabemos tudo.


Aprendemos com as crianças, com os idosos, com os animais, com as plantas, com o clima, com as pessoas em geral, com a gente mesmo...e talvez esse último seja o mais difícil, porque o ser humano precisa aprender muito mais sobre si mesmo!! Aprender com as próprias sensações, sentimentos, emoções...tudo tem sua razão de ser, até mesmo as dores do corpo, que são sinais de que algo não vai bem na alma...


No fundo...o aprender é um processo muito simples, um simples contemplar de um pássaro com a mente tranquila pode levar seu pensamento a lugares nunca antes explorados.


Sendo assim, vale a pena citar aqui também o que atrapalha o aprendizado: a mente inquieta. Imagine uma cidade com um trânsito caótico, as vezes sua mente está exatamente igual, sem espaço, sem limites, sem pausa...sem aprendizado.



Para aprender é preciso aquietar a mente e jogar fora o que não serve mais. Faça uma limpeza em seus arquivos e abra espaço para o novo!!


Comece refletindo sobre o que aprendeu com essa leitura e o que pode mudar em sua rotina para abrir mais espaço aos novos aprendizados.



0 visualização

whatsapp: 11-99902-5887

©2019 por Rosemary Corretori. Orgulhosamente criado com Wix.com